Cura da calvície pode ter sido encontrado por pesquisadores

Cura da calvície pode ter sido encontrado por pesquisadores
5 (100%) 2 votes

A cura da calvície pode ter sido encontrado por pesquisadores.

O Centro de Pesquisa em Dermatologia da Universidade de Manchester podem ter encontrado uma cura para a calvície. Um composto ativo que estimula folículos capilares humanos ao combater a proteína que prejudica o crescimento de novos fios.

Em laboratório, pesquisadores identificaram que o remédio em questão tem um forte efeito nos folículos capilares, o que estimula seu crescimento.

A calvície afeta cerca de metade dos homens até os 50 anos de idade, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), e é um problema que até hoje não tinha uma solução médica definitiva. No entanto, pesquisadores descobriram uma potencial cura para ela usando um remédio originalmente criado para tratar a osteoporose.

O fármaco contém um composto que atinge uma proteína que age como um freio no crescimento do cabelo e, por isso, tem um papel importante no desenvolvimento da calvície. Com essa descoberta, pesquisadores acreditam trazer uma nova abordagem para o tratamento da condição para homens e mulheres.

O composto chamado Ciclosporina era usado para diminuir a rejeição em transplantes e tratar doenças autoimunes–e um dos efeitos colaterais que ele apresenta é o crescimento indesejado de cabelo.

A pesquisa foi realizada em laboratório, com amostras contendo folículos capilares do couro cabeludo de mais de 40 pacientes homens que realizaram transplante de cabelo. Nessas amostras, os pesquisadores realizaram tratamento com o remédio para osteoporose por seis dias.

Os folículos entraram rapidamente em uma fase “anágena” do crescimento do cabelo e os fios começaram a “germinar”.

Para assegurar os efeitos e a segurança do tratamento, entretanto, Nathan Hawkshaw, líder da pesquisa, afirma que análises clínicas são necessárias.

Para Hawkshaw, da Universidade de Manchester, descobrir o efeito de um remédio nunca pensado para o tratamento da calvície pode “fazer uma real diferença para pessoas que sofrem com a perda de cabelo”.

Fonte: encurtador.com.br/muCM3